Cópia de Paulo de Tarso

Fisioterapia na Terceira Idade

por Ana Cristina Moura Daldosso

Fisioterapeuta

 

A terceira idade é uma fase da vida que deve ser entendida como um processo natural, onde o organismo sofre algumas alterações, consideradas normais para esta fase. Messy, (1999) “se envelhece conforme se vive”.

 

Estas alterações naturais podem ser: diminuição ou perda da acuidade visual, redução de força e massa muscular, perda de massa óssea, diminuição do equilíbrio, alterações na marcha, falta de condicionamento físico, além das alterações específicas de cada patologia que pode atingir os indivíduos durante o processo de envelhecimento.

 

A Fisioterapia Gerontológica, atua na prevenção, ambientalização e reabilitação, com objetivo de melhora da saúde e qualidade de vida na terceira idade.

 

Na prevenção atua intervindo nos problemas mais comuns que afetam os idosos como:

– Alterações de equilíbrio;

– Alterações músculos- esqueléticas;

– Alterações posturais e dores articulares;

– Dificuldade para deambular;

– Dificuldades funcionais devido a cirurgias ou internações;

– Demências entre outros…

Na ambientação orienta a criação de condições ambientais (casa e /ou trabalho), diminuindo riscos que possam afetar a saúde física destes idosos, principalmente nos locais onde frequentam e vivem.

 

A reabilitação tem o objetivo de melhorar a funcionalidade, auxiliar na melhora da capacidade cardiopulmonar, muscular, óssea e articular, estimulando a independência através de um programa de exercícios selecionados após avaliação individual de cada idoso, promovendo assim a independência e a autonomia, e com isso melhorando sua qualidade de vida.

 

O ideal é saber que o envelhecimento é inevitável, mas é possível utilizarmos os recursos e tratamentos da Fisioterapia para amenizar a progressão de doenças atuando preventivamente ou reabilitando as sequelas já instaladas e assim melhorar a qualidade de vida dos idosos

Referências:

Messy- J. A pessoa não existe (tradução JSM. Werneck/ São Paulo> Aleph; 1999. www. portaldoenvelhecimento.com.br

www. sbgg.org.br

COMPARTILHE O POST

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email